Viaje, viaje e na dúvida viaje!

“Viajar é trocar a roupa da alma”. Nada como viajar para ampliar nossos horizontes, inovar as perspectivas e percepções de mundo!

Mesmo com os preços um pouco mais elevados e o orçamento mensal apertado nos últimos tempos, ainda é possível economizar para fazer uma viagem internacional. Porém, tem que ter planejamento.

Comprar passagens aéreas com antecedência pode garantir mais “dinheiros” no bolso pra gastar durante viagem. Se a intenção é economizar e se divertir, talvez a opção seja escolher um destino que não esteja tão em alta no momento ou aqueles que foram pouco explorados turisticamente – neste mundo tão grande deve ter um lugarzinho especial esperando por você. Agora, se você não quer abrir mão daquele lugar que está em todos os sites e capas de revistas, a ordem é arregaçar as mangas, pesquisar, comparar e ficar de atento nas promoções relâmpago.

Outro fator que rende uma boa economia é marcar sua aventura para a “baixa temporada”, quando os preços estão bem mais em conta. Com certeza você poderá explorar cada canto com muita calma e sem nenhum tipo de estresse por conta de aglomerações.

Vale lembrar que pesquisar sobre o destino escolhido, definindo um roteiro de atividades, te ajuda a definir a estimativa de gastos – incluindo alimentação, transporte e passeios. As pesquisas também auxiliam a otimizar seu tempo quando estiver lá (pois você não estará perdido atrás de informações), além de adquirir conhecimento, é muito divertido, pois você já começa a entrar no clima da viagem. Não tenha medo, de jeito nenhum as pesquisas vão estragar o fator surpresa de suas descobertas turísticas.

Depois que as estimativas de gastos estiverem prontas, é sempre bom se programar para levar uma pequena reserva para qualquer eventualidade. Além disto, em muitos lugares é necessário pagar gorjeta para serviços, – como garçom, cabeleireira, entregador, etc. Já falamos sobre como funcionam as tips nos EUA no blog da Advance, mas você também poder ler aqui http://www.tipthismuch.in/Brazil e encontrar a porcentagem das gorjetas praticadas em vários países.

Ainda falando sobre a Terra do Tio Sam, quando você faz uma compra os impostos do varejo não estão embutidos no valor da etiqueta e, apesar de não ser uma porcentagem assustadora, o valor a mais será cobrado no caixa. Cada estado cobra uma taxa diferente, então seja qual for seu destino de viagem, nos EUA ou não, é sempre bom estar informado.

Para garantir uma viagem sem imprevistos, leve sempre uma quantia da moeda local, em espécie. Obviamente não pensamos sobre e nem queremos ter problemas durante as tão aguardadas e gloriosas férias, mas nunca sabemos o que pode acontecer, por isto além dos cartões de crédito e/ou débito é essencial ter mais de uma forma de pagamento.

Fazer um seguro viagem muitas vezes parece besteira, parece ser mais dinheiro escorrendo pelos ralos. Só que sai bem mais barato estar prevenido, acredite! Consulte sua empresa de cartão de crédito, geralmente eles oferecem este serviço ao comprar a passagem usando o meio de pagamento delas. Em algumas casas de câmbio e seguradoras também é possível contratar este tipo de serviço.

Um item fundamental e que não pode faltar na sua lista é saber se comunicar em outros idiomas; assim você pode aproveitar ao máximo esta experiência, evitar situações confusas e constrangimentos tipo do “saias justas”. Ninguém quer passar por nenhum perrengue, né? E, neste quesito, a Advance pode te ajudar, entre em contato conosco no telefone (11) 3373-7416.

Só tem dicas excelentes neste post! Aprenda idiomas de verdade e troque a roupa de sua alma diversas vezes! 😉

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *