Entenda o que é a União Europeia

Nos últimos dias muito se falou sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. Mas você sabe o que é União Europeia e sua importância? Quais são as consequências destas mudanças?

A União Europeia é um bloco social, politico e econômico formado por 28 países da Europa – Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Reino Unido, Romênia e Suécia – com o objetivo de: promover uma unidade política e econômica; melhorar as condições de livre comércio entre os países membros; melhorar as condições de vida e trabalho dos cidadão europeus; reduzir as desigualdades entre as regiões; fomentar o desenvolvimento dos países em fase de crescimento; e proporcionar um ambiente de harmonia e equilíbrio.

O bloco é baseado em uma série de tratados, que tem o poder estabelecer e implementar metas políticas gerais através de instituições legais – Parlamento Europeu, o Conselho da União Europeia, a Comissão Europeia, o Conselho Europeu, o Banco Central Europeu, o Tribunal de Justiça da União Europeia e o Tribunal de Contas Europeu – além de aprovar legislações.

Em 1999 foi criada a Zona Euro para designar os países que adotaram o euro como moeda única, facilitando e fortalecendo o comércio entre os países além de propiciar a formação de grandes empresas europeias que emergiram a partir da junção de muitas empresas de diferentes países. O dólar ainda é a moeda mais importante do mundo, mas perdeu um pouco de sua centralidade já que atualmente 19 países fazem parte da Zona Euro.

A UE é a maior economia do mundo, representa 20% do PIB mundial, é a maior exportadora de bens e serviços do mundo, além de ser um dos maiores parceiros comerciais dos Estados Unidos e China.

No dia 23 de junho de 2016 um plebiscito determinou que o Reino Unido deveria deixar a UE.

A crise dos refugiados culminou uma grande inquietação em muitos cidadãos britânicos reforçada por membros da direita política, que tinha como principal argumento que os imigrantes prejudicariam cada vez mais a identidade nacional, cultural e que ainda; estes poderiam gerar problemas sociais como desemprego além de outras complicações que não poderiam ser controladas.

A campanha para a saída da UE foi intensa e massiva, fazendo com que a confiança e popularidade do então primeiro-ministro David Cameron – vitorioso de uma eleição geral e dois referendos nos últimos 10 anos – fosse colocada à prova.

Mesmo com o alerta de diversos especialistas sobre o enfraquecimento da economia, muitos cidadãos afirmam que não sentiam que compartilhavam dos reais benefícios econômicos proporcionados pelo bloco, e também por acharem que o Reino Unido por representar a maior força da UE, poderia facilmente caminhar sozinho. Apesar de arruinar sua relação de livre comércio com os países membro da UE, a saída do país poderia abrir um caminho de relações comerciais mais livres com outros países fora do bloco.

O efeito da votação causou grande estabilidade no mercado financeiro mundial. Algumas bolsas da Europa caíram mais de 12%, o FTSEurofirst 300 que reúne as principais  ações do continente caiu 6,65%. A moeda britânica sofreu queda de 10% e até o Euro caiu.

A força do bloco está baseada em três pilares: Reino Unido, Alemanha e França, e a subtração de um deles pode gerar uma desestabilização. Além disto, esta brecha pode despertar questionamentos em outros membros da união. Há boatos que Holanda e França podem votar sobre a permanência ou não na UE, resultando em um enfraquecimento ainda maior impactando diversos países em todo o globo.

Os brasileiros que vivem no Reino Unido não precisam ficar em pânico já que qualquer mudança deve ser feita de forma gradual.

Se o isolamento da UE for concluído, novas regras devem ser estabelecidas pela legislação nacional britânica. A ideia é substituir as regras de livre circulação por um sistema de pontos e cotas mais rígido, assim os imigrantes iriam acumulando pontos com o critérios que forem preenchendo e seriam aceitos em vagas disponíveis nas diferentes categorias de cotas. Já existe um programa com esta finalidade, que na opinião de muitos é pouco efetivo.

Estamos em um momento de incertezas e especulações, pois é impossível afirmar o que pode acontecer sem a conclusão do processo, que ainda deve demorar. Muita água ainda deve rolar, já que a Escócia – que em sua maioria votou para a permanência no bloco – declarou guerra ao resultado das urnas.

Quem pretende fazer uma super viagem pela Europa, não precisa ter medo, nem mudar de planos, mas precisa estudar idiomas com bastante determinação para não passar nenhum sufoco no exterior, não é?

Saiba como o consulado e a embaixada podem te ajudar no exterior!

Certamente você já ouviu falar sobre consulado e embaixada, mas você qual é a função de cada um e como eles podem te ajudar fora do Brasil?

Em linhas gerais, a embaixada lida com a relação entre dois estados e consulado trata de assuntos entre o Estado e o povo.

A embaixada é a presença oficial de uma nação no território de outro país e tem como dever de:

  • proteger e representar seus cidadãos;
  • negociar com governo do país onde está localizada em nome do país que representa;
  • informar o governo de sua nacionalidade sobre acontecimentos no país que está localizada;
  • promover relações amistosas e desenvolver relações econômicas, culturais e científicas entre dois países;

Já o consulado, tem funções mais administrativas, e tem como dever:

  • proteger, no Estado receptor, os interesses do Estado que envia e de seus nacionais, pessoas físicas ou jurídicas, dentro dos limites permitidos pelo direito internacional;
  • fomentar o desenvolvimento das relações comerciais, econômicas, culturais e científicas entre o Estado que envia e o Estado receptor e promover ainda relações amistosas entre eles, de conformidade com as disposições da presente Convenção;
  • informar-se, por todos os meios lícitos, das condições e da evolução da vida comercial, econômica, cultural e científica do Estado receptor, informar a respeito o governo do Estado que envia e fornecer dados às pessoas interessadas;
  • expedir passaportes e documentos de viagem aos nacionais do Estado que envia, bem como vistos e documentos apropriados às pessoas que desejarem viajar para o referido Estado;
  • prestar ajuda e assistência aos nacionais, pessoas físicas ou jurídicas do Estado que envia;
  • agir na qualidade de notário e oficial de registro civil, exercer funções similares, assim como outras de caráter administrativo, sempre que não contrariem as leis e regulamentos do Estado receptor;
  • resguardar, de acordo com as leis e regulamentos do Estado receptor, os interesses dos nacionais do Estado que envia, pessoas físicas ou jurídicas, nos casos de sucessão por morte verificada no território do Estado receptor;
  • resguardar, nos limites fixados pelas leis e regulamentos do Estado receptor, os interesses dos menores e dos incapazes, nacionais do país que envia, particularmente quando para eles for requerida a instituição de tutela ou curatela;
  • representar os nacionais do país que envia e tomar as medidas convenientes para sua representação perante os tribunais e outras autoridades do Estado receptor, de conformidade com a prática e os procedimentos em vigor neste último, visando conseguir, de acordo com as leis e regulamentos do mesmo, a adoção de medidas provisórias para a salvaguarda dos direitos e interesses destes nacionais, quando, por estarem ausentes ou por qualquer outra causa, não possam os mesmos defendê-los em tempo útil;
  • comunicar decisões judiciais e extrajudiciais e executar comissões rogatórias de conformidade com os acordos internacionais em vigor, ou, em sua falta, de qualquer outra maneira compatível com as leis e regulamentos do Estado receptor;
  • exercer, de conformidade com as leis e regulamentos do Estado que envia, os direitos de controle e de inspeção sobre as embarcações que tenham a nacionalidade do Estado que envia, e sobre as aeronaves nele matriculadas, bem como sobre suas tripulações;
  • prestar assistência às embarcações e aeronaves a que se refere a alínea “k” do presente artigo e também às tripulações: receber as declarações sobre as viagens dessas embarcações, examinar e visar os documentos de bordo e, sem prejuízo dos poderes das autoridades do Estado receptor, abrir inquéritos sobre os incidentes ocorridos durante a travessia e resolver todo tipo de litígio que possa surgir entre o capitão, os oficiais e os marinheiros, sempre que autorizado pelas leis e regulamentos do Estado que envia;
  • exercer todas as demais funções confiadas à repartição consular pelo Estado que envia, as quais não sejam proibidas pelas leis e regulamentos do Estado receptor, ou às quais este não se oponha, ou ainda as que lhe sejam atribuídas pelos acordos internacionais em vigor entre o Estado que envia e o Estado receptor.

Em geral os consulados vão te auxiliar com a emissão de documentos como vistos e passaportes, autenticação de documentos que tenham validade no seu país de origem, emissão de certificados e atestados previstos na legislação.

Preferencialmente, no caso de perda de documentos no exterior, você deve procurar o consulado. Caso não tenha uma consulado próximo você pode procurar a embaixada e poderá ser atendido na parte consular.
Para informações complementares sobre como você pode contar com estes órgãos no site http://www.itamaraty.gov.br/

Motivos para concluir seu curso de idiomas ;)

Muitas pessoas começam um curso de idiomas e interrompem os estudos sem concluí-los. Os motivos desta  interrupção são diversos: pode ser porque o orçamento ficou apertado, porque está desmotivado, porque está com dificuldade de aprendizado, porque o método de ensino não é o ideal para você ou até mesmo porque acha que tem pouco tempo livre e precisa de mais tempo para descansar…

Claro que todas as justificativas são compreensíveis, afinal todo mundo passa por momentos turbulentos na vida, mas isto é tão certo como dizer que estas “bad vibes” passam e o que não muda é que você continua precisando deste conhecimento para seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Depois que você parou seu curso de idiomas, quantas vezes você se deparou com oportunidades que seriam melhor aproveitadas ou mais palpáveis se você tivesse fluência em um língua estrangeira? Você não precisa deixar as oportunidades e sonhos escorrem pelos dedos se realizá-los depende apenas de você e sua força de vontade.

Veja abaixo os motivos de concluir seu curso:

– Não é bom deixar nada inacabado, não é mesmo? Pois vivemos sempre com aquela sensação de que está faltando algo. Estar sempre em busca de algo novo e de aprender é bem diferente de sentir como se estivesse faltando um pedaço;

– Todos nós almejamos sucesso profissional e para isto precisamos estar qualificados! O que antes era um diferencial agora se tornou imprescindível: o mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e é cada vez mais comum que as empresas exijam pelo menos dois idiomas estrangeiros. Além de ampliar seus horizontes, pois irá lhe permitir  lidar com profissionais de várias nacionalidades, poderá fazer cursos e buscar referências de conteúdo na internet, livros e revistas de todas as partes do mundo;

– Viajar é muito bom para descansar, refletir e aprender. Ter contato com pessoas e culturas diferentes sempre enriquece nossa visão de mundo, e isto influencia  na nossa vida de maneira geral. Você pode até “se virar”, “ não passar fome”, “não se perder”, “conseguir fazer compras”, mas nada se compara quando você tem o domínio de um idioma, podendo se comunicar sem limitações, completamente de braços abertos para o mundo;

– E nada como ter acesso a conteúdo original de sites, livros, revistas, filmes, séries e isto vai te proporcionar perspectivas mais precisas do autor, poderá fazer suas próprias interpretações e ter a informação direto da fonte, sem contar não há limites para seu conhecimento e curiosidades;

– Estudos apontam que ser bilíngue ou poliglota faz bem para o cérebro, podendo aumentar sua capacidade e rapidez de raciocínio. Além disto, potencializa a atenção, percepção no que é relevante com o mundo a seu redor. A memória e a criatividade também são beneficiadas;

Os benefícios para sua vida são muito maiores que qualquer empecilho. Volte aos estudos, afinal é um esforço que vale a pena.

Se estiver apertado, quem sabe não é hora de investir naquele talento escondido para ganhar uma graninha extra? Com certeza, sua família, amigos e conhecidos irão ajudar!

Aqui na Advance você encontra um curso personalizado às suas necessidades, com um método moderno e diferenciado. Não perca mais tempo e entre em contato: contato@advanceschool.com.br.

Baby is coming – enxoval no exterior!

Quando um casal decide ter um filho, eles nem imaginam o quanto sua vida irá muda para sempre. O teste de gravidez dá positivo, e ai que vem a seguir é uma explosão de sentimentos e preocupações. Sem dúvidas este é um momento delicado, cheio mudanças, mas também um momento importante e único: o começo de uma nova jornada.

O que ninguém pode negar é a felicidade e empolgação com a chegada de uma nova “pessoinha” na vida do casal, da família e dos amigos. E com as descobertas diárias de como ser pai e mãe, vem a maratona de nove meses de preparativos:  reformar o segundo quarto da casa, que antes era um escritório, comprar berço, carrinho, roupinhas, brinquedos, fraldas, mamadeiras, pomada… E,  neste momento, você se dá conta de que esta parece ser uma tarefa interminável.

Antes o que era apenas uma moda entre os famosos, mas hoje se tornou um hábito comum entre muitos casais: a “babymoon”, que é um momento para o casa fazer uma viagem romântica antes do bebê nascer e celebrar este novo momento de vida – e, não é exatamente uma regra, mas alguns ainda separam um tempinho para umas comprinhas.

Há opções de hotéis e resorts que oferecem pacotes especiais de “babymoon”, com opções super personalizadas, com massagens, terapias relaxantes, cardápio diferenciado, tudo isto e muito mais com uma atmosfera apaixonante para o casal.

Já outros casais viajam com o objetivo de finalizar a tarefa “compras para a gravidez e para o bebê”, e aproveitam para separar alguns dias para passear, relaxar e namorar.

Se está grávida ou tem alguém da família ou amiga que será uma futura mamãe, não esqueça de compartilhar este post com ela. Aqui vão algumas dicas para quem quer ir as compras:

– Primeiramente, é necessário conversar com seu médico e ele conceder a autorização e todas as orientações necessárias para a sua saúde e segurança – algumas companhias áreas podem exigir um atestado como requisito . Normalmente um período recomendado para viagens é o segundo trimestre (entre o 4º eo 6º mês de gestação), pois já passou a fase de formação, os mal estares iniciais e a barriga ainda não está muito grande.

– Defina um orçamento e vá guardando uma quantia por mês antes da viagem. Se optar por fazer compras no cartão de crédito, não se esqueça de calcular a cotação e o IOF. Em espécie o IOF é menor, mas lembre-se que nos Estados Unidos não há desconto para pagamento em dinheiro e pode ser arriscado viajar com muita grana no bolso. Outra opção é carregar o Travel Money, que funciona como um cartão de débito e, se precisar, você pode carregar pela internet com mais algum valor. É importante avaliar qual é a melhor maneira para você!

Vale a pena ressaltar é que cada estado americano tem uma taxa de imposto do produto, que não está embutido no valor da etiqueta, e será inserido na hora do pagamento no caixa.

– Faça uma pesquisa sobre os produtos que deseja comprar, organize uma lista. Isto com certeza irá facilitar seu cronograma e roteiro de compras. Também vai evitar que você compre coisas sem necessidade. É, claro que você vai se deparar com novidades e coisas que você nem tinha pensado, aproveite as exclusividades mas tenha bom senso ;).

– Alguns itens você pode adquirir pela internet em sites como a Amazon e solicitar a entrega em seu hotel, é uma ótima maneira de otimizar tempo. Mas veja tudo com calma, e adicione tudo que você deseje de uma só vez, assim paga apenas um frete.

-Junte cupons promocionais para as compras nas lojas físicas, em muitas lojas os itens promocionais ficam mais ao fundo ou nos subsolos, não tenha pressa e poderá economizar.

– Como é uma viagem com objetivo central de compras, leve apenas o necessário, tenha em mente que na volta você vai encher estas malas com os itens que comprou. Uma boa é levar uma mala grande e comprar uma outra lá mesmo, já que você poderá achar boas opções com preços justos. Não se esqueça que cada pessoa pode trazer até duas malas com 32 kg cada, passando disto deverá pagar excesso de bagagem.

– É recomendado declarar os itens do enxoval do bebê que passam dos 500 dólares permitidos por pessoa, já que não são considerados como “uso pessoal”, pois o bebê ainda não nasceu. Contudo, muitas pessoas e especialistas no assunto dizem que ainda assim é vantajoso fazer as compras no exterior.

– Há assessorias especializadas que auxiliam as mamães indicando as melhores lojas e produtos, além de orientar a quantidade necessária do que você deve comprar de acordo com seu objetivo e orçamento.

– Os locais mais badalados para compras são Miami, Orlando e Nova York. Algumas pessoas também tem optado por fazer compras na Europa, Argentina ou Paraguai. Seja lá qual for o destino escolhido, é muito importante dominar idiomas, assim você poderá compreender para que serve cada produto, poderá perguntar, tirar suas dúvidas e aproveitar os dias de folga como deve ser!

Se está precisando retomar as aulas de idiomas, entre em contato com a Advance!

 

Como se dar bem numa reunião em inglês?

Aqui no blog já demos dicas de como se dar bem numa entrevista de emprego em outro idioma. Só que depois de conquistar a vaga dos sonhos vem os desafios do dia-a-dia, que é colocar em prática seus conhecimentos e desenvoltura, de fato.

Às vezes, reuniões complicadas e exaustivas acontecem no nosso próprio idioma, mas é possível que o seu trabalho exija que participe de reuniões em outros idiomas, com profissionais de outros países. Nessas horas, é necessário ter atenção redobrada e estar bem preparado.

Para ajudar nisso, confira as dicas que a Advance preparou para você:

– Primeiramente, fique calmo. A ansiedade e nervosismo só vão te atrapalhar. Você precisa prestar atenção, compreender o que estão falando, expressar suas ideias e pontos de vista. Se estiver em pânico, vai gaguejar, titubear, esquecer tudo que você e passar insegurança diante dos outros profissionais. Respire e vai com confiança!

– Geralmente as reuniões são marcadas com alguma antecedência, então ai está uma ótima oportunidade para você tirar um tempo para estudar, relembrar algumas expressões, vocabulário, etc. Liste os assuntos que serão discutidos e organize suas ideias, treinando a sua oratória. Assim, você poderá se expressar melhor, ser objetivo e evita erros grotescos ou constrangimentos. Outra boa ideia é levar anotado para a reunião alguns pontos estratégicos do que estudou, isto servirá como um gatilho para você;

– Esteja atualizado, ter o hábito de ler notícias, artigos, livros sobre o mercado que trabalha vai te auxiliar a aprender vocabulário e exercitar seu raciocínio analítico. Além de claro, ampliar sua percepção como profissional;

– Tenha atenção no desenrolar da reunião e evite se dispersar para não perder o fio da meada. Não se bloqueie caso se depare com alguma palavra ou expressão desconhecida: continue com atenção no contexto central, que será fundamental para entender o que está sendo dito. Se ainda assim não entender, peça para seu colega repetir. Não tenha vergonha! É muito melhor perguntar do que entender errado;

-Como em toda reunião, evite com coisas que possam desviar sua atenção, como celular, por exemplo;

– Depois da reunião, faça um resumo de tudo que foi discutido, sobre suas obrigações etc, mesmo que você vá receber a ata enviada por outra pessoa. Veja, esta é uma maneira de continuar praticando o idioma e sua memória;

– Se você já concluiu o curso de idiomas, é fluente, mas nunca trabalhou em um lugar que precisasse tanto de comunicação verbal e se sente inseguro e inexperiente, você pode – além de praticar todas as dicas acima – fazer algumas aulas de conversação focadas em business, personalizando suas aulas de acordo com o vocabulário específico da sua área de atuação;

Está precisando de aulas de business personalizadas? Ou se sente inseguro com um inglês apenas básico ou intermediário? Conheça a Advance! Aqui temos um método moderno e completamente personalizado às necessidades do aluno. Não perca mais tempo e alavanque sua carreira. 😉

Como se dar bem numa entrevista de emprego em inglês?

Você traçou seus objetivos, estudou e se esforçou para alcançar suas metas, e aí finalmente aparece aquela oportunidade tão sonhada na sua carreira. Mas, ainda tem mais um passo: a entrevista.

Com certeza você já passou por algumas entrevistas durante sua trajetória profisssional, só que agora é um pouco diferente.É aquela vaga dos teus sonhos, mas a entrevista é inglês…

Algumas empresas oferecem vagas no exterior, ou até mesmo vagas que exigem um nível avançado – pois seu trabalho terá uma grande demanda de atividades em outro idioma. Entenda, que às vezes algumas vagas exigem nível avançado para o caso de você precisar utilizar seu conhecimento eventualmente, mas estamos falando um emprego em que falar inglês seja vital.

Obviamente que suas qualificações serão observadas e serão levadas em consideração, mas se o idioma fluente for imprescindível para a vaga, não adianta ter isto listado em seu currículo, você terá que comprovar.

Sem dúvidas quando vamos a uma entrevista, ficamos um pouco ansiosos com a possibilidade de conquistar o entrevistador e claro, o emprego. E como fazer tudo isto que já é difícil em português, quem dirá em inglês.

Bom, pra começar você precisa estar bem informado; pesquise em detalhes sobre a empresa – principalmente se ela for de outra nacionalidade – o que ela faz, como ela trabalha, qual são seus ideais, sua conduta de mercado, etc. Assim você pode praticar previamente algumas ideias (concretas e abstratas), tendo a chance de desenvolvê-las melhor e também de pesquisar certas opções de vocabulário mais adequado e que talvez lhe faltem na hora H.

Lembre-se, além de avaliar seu inglês, o entrevistador quer que estas respostas transmitam sua personalidade. Por isto, saiba identificar e destacar as suas qualidades que estão dentro do perfil requisitado.

Outro ponto importante é ter familiaridade do vocabulário específico de sua área de atuação; ler conteúdos relacionados vai te ajudar com esta necessidade e de quebra te manter atualizado.

Evite vícios de linguagens utilizados em conversações mais informais, tenha cuidado ao utilizar gírias, nem todas podem cair bem numa situação como esta, saber ser educado e sutil contam muitos pontos.

Fale com tranquilidade, falar rápido demais além de não causar boa impressão e acaba dificultando a compreensão de sua mensagem e sem dúvidas, capriche na pronúncia, cada palavra dita corretamente é um passo para o sucesso.

Ouça com atenção as perguntas do entrevistador e não tenha medo de pedir para ele repetir a pergunta, para elaborar sua resposta você precisa compreender o que ele está falando; assim evitando de responder algo que não tenha nada a ver, ou de responder de forma muito limitada.

Saiba dosar e discernir quando uma resposta deve ser mais exata, ou quando necessita de um complemento, seu conhecimento do idioma também pode ser notado na utilização de estruturas mais avançadas.

Se o entrevistador for estrangeiro, fale apenas sobre assuntos profissionais, evite “papos furados”, elabore suas oratória de forma efetiva e direta. Também não utilize clichês, ou frases muito engessadas, isto pode causar a impressão que você é um profissional sem diferenciais, seja natural.

Estas são algumas dicas para você se preparar na hora de um entrevista, mas é válido ressaltar que mesmo tendo adquirido um bom nível do idioma, é necessário praticar listening, reading e speaking SEMPRE. Só a prática pode te levar à excelência, você pode encontrar aqui no blog da Advance várias ideias de como melhorar seu desempenho a cada dia.

Uma boa ideia é fazer alguns testes de proficiência de tempos em tempos, pode auxiliar a identificar suas deficiências, e aí é mais fácil trabalhá-las.

Prepare sua melhor roupa, confie na sua capacidade e habilidades. Agora se você tá precisando de uma ajuda para adquirir mais conhecimentos, venha já para Advance, garantimos que aqui vice terá seu último professor.

Filmes sobre casamento

Aproveitando que estamos no mês de maio, que é o mês oficial das noivas, já falamos sobre muitos temas: como surgiram algumas tradições do casamento, destination wedding, além de dicas de como comprar vestidos de noiva em Nova York.

A união entre duas pessoas nada mais é do que a história de duas almas que se encontram, e sem dúvidas o cinema é um grande amante das histórias de amor. há diversos filmes com a temática de casamento, que além de ser um bom entretenimento é uma ótima fonte de inspiração, quem sabe você não tem boas ideias para sua cerimônia ou festa?

Provavelmente você já assistiu vários destes filmes, mas repita a dose, quando se esta de casamento marcado a sensibilidade é outra, e que tal aproveitar para assistir com áudio e legendas em inglês desta vez?

Além de treinar o idioma,  aumentar o vocabulário, pode te ajudar a conhecer coisas novas e ter novas referências caso queira comprar produtos online ou até mesmo se decidir fazer algumas comprinhas no exterior relacionadas ao tema 😉

Noivas em Guerra(2009)

Liv e Emma são grandes amigas desde quando eram crianças e, por isto sempre sonharam em casar-se no famoso espaço Plaza, em junho. Tudo parecia ir bem, até que um erro na agenda do local – que impossibilita uma de participar do casamento da outra – faz surgir pequenos atritos entre elas que chegam uma grande disputa matrimonial.

Anne Hathaway e Kate Hudson

Missão Madrinha de Casamento(2011)

Lilian vai se casar e convida sua melhor amiga de infância, Annie, para ser sua madrinha de casamento. Annie vê que esta não será uma tarefa fácil, já que logo na festa de noivado ela conhece Helen que está disposta a roubar sua posição.

Melissa McCarthy, Maya Rudolph, Rose Byrne.

Mamma Mia (2008)

É um musical embalado por músicas do Abba e conta a história de Sophie que está prestes a se casar, mas gostaria da presença de seu pai no grande dia. O problema que sua mãe Donna se envolveu com três homens diferentes quando engravidou, sem ter certeza de que, de fato é seu pai, a garota envia convite para os três, gerando várias confusões.

Meryl Streep, Amanda Seyfried.

 

O Casamento do meu melhor amigo (1997)

Julliane e seu amigo Michael combinam que caso cheguem aos 28 anos solteiros, eles então se casariam. Próximo de completar 28 anos, Julliane recebe um telefonema de Michael avisando que ele vai se casar e convidando-a para ser madrinha. Neste momento ela percebe que sempre foi apaixonada por ele, e então aceita o pedido do amigo com segundas intenções.

Julia Roberts, Cameron Diaz

O Casamento dos meus sonhos (1991)

Mary é uma renomada organizadora de casamentos, se destaca por um trabalho impecável. Por´conta de uma ironia do destino, ela acaba se apaixonando pelo noivo de um dos casamentos que está organizando, e então as confusões começam.

Jennifer Lopez

Noiva em fuga (1999)

Maggie tem um grande problema: não consegue se casar e sempre foge na hora do casamento. Ike um jornalista resolve publicar em sua coluna as histórias da noiva fujona, mas é demitido por acharem que a história não é verdadeira. Desta maneira, ele parte para a cidade de Maggie decidido comprovar sua história.

Richard Gere, Júlia Roberts.

Casa Comigo? (2010)

Anna viaja para a Irlanda para pedir seu atual namorado em casamento. Segundo a tradição um homem não pode recusar um pedido feito no dia 29 de fevereiro, e depois de ,uivos contratempos na viagem, a moça se vê obrigada a seguir viagem com Declan, o dono de uma hospedaria, e claro a história toma um rumo inesperado.

Amy Addams, Adam Scott.

 

Missão vestido de noiva em NY

Neste mês de maio já falamos aqui no blog, sobre de como surgiram algumas tradições de casamento, destination weddings, e não podíamos deixar de falar sobre o vestido de noiva, é claro!

Este é um dos momentos mais especiais e únicos de uma mulher prestes a se casar : a busca do vestido ideal. Esta busca não é fácil, por mais decidida que a noiva seja, há uma infinidade de opções para deixar qualquer pessoa um pouco indecisa. Mas também pode ser frustrante, pela demora e porque muitas noivas acabam idealizando demais; e assim não conseguem encontrar um modelo que se encaixe perfeitamente ao seu estilo e obviamente a seu orçamento.

Existe a opção de fazer um vestido do zero, o que muitas vezes sai muito mais caro. E com tantos outros gastos, às vezes fazer o vestido dos sonhos se torna inviável. Independente qualquer escolha, o que mais importa é que seja lindo, único e expresse a identidade da noiva.

Já faz algum tempo que comprar vestidos no exterior caiu no gosto de muitas mulheres; como uma maneira de encontrar modelos mais exclusivos e em alguns (muitos) casos mais baratos. E o destino certo para isto? Nova York…

Existem muitas lojas incríveis de vestido de noiva na Big Apple, mas é essencial se programar. Primeiro faça uma pesquisa na internet para saber qual o perfil de cada loja e qual se encaixa com o que você procura, escolha quais você vai visitar, programe sua viagem e agende seu horário com muita antecedência.

Para que a visita se torne bem produtiva, é importante ter uma ideia do estilo ou características que mais lhe agradam.Veja alguns modelos nos sites, estilistas que mais gostam, levem fotos de revistas, pois isto irá facilitar o trabalho de sua consultora e aumentam as chances de você alcançar seu objetivo, que é comprar um vestido.

Outro fator que é importante frisar, é que nas lojas americanas não é possível experimentar milhares de vestidos como é muitas vezes permitido em lojas brasileiras, você vai experimentar uma certa quantidade e vendedora já espera que você decida entre um deles. Este é um padrão de atendimento, é traçado um perfil, elas identificam as melhores opções que tem a ver com você, pois acreditam que quanto mais você prova menos você terá chances de escolher com firmeza.

Tenha ciência que não é um atendimento ruim ou que a vendedora não gostou de você, é necessário entender o conceito que estes estabelecimentos trabalham e terá uma ótima experiência(ser quiser entender melhor, assista o programa “Vestido Ideal” no Discovery Home and Health).Obviamente que se você realmente não gostar de nada, você pode visitar mais lojas, e de repente até voltar em uma delas pra comprar um vestido que já tenha experimentado.

As consultoras são especialistas e geralmente são certeiras no atendimento, mas se por algum motivo você perceber que ela não entendeu claramente o que você deseja, converse com calma e tente exemplificar melhor.

Se você precisa otimizar seu tempo, ainda existem profissionais que prestam consultoria, trocam seu perfil de estilo, lhe indicam as melhores lojas, fazem os agendamentos das visitas, providenciam transporte, ou seja é um serviço personalizado para facilitar sua vida.

Também há diversas lojas com acessórios e artigos dedicados a noivas e casamentos, então vale a pena dar uma explorada e ver se há mais alguma coisa que gostaria de adquirir. Não se esqueça de verificar como vai transportar o vestidos e outros itens que comprar, além dos impostos a serem pagos por cada um deles.

Veja baixo dicas de algumas lojas:

Kleinfeld: É referência quando se fala em vestidos de noiva e sem exagero a loja mais famosa dos Estados Unidos. Tem uma grande variedade de vestidos de mais de 100 estilistas, e tem preços para todos os bolsos. É necessário agendar um horário.

www.kleinfeldbridal.com

110 West 20th Street

Nova York – NY

David’s Bridal: é uma das maiores lojas de vestidos de noiva e é mais conhecida po ter opções baratas (a partir de $299) e uma grande diversidade de modelos. São peças de coleção da loja e de alguns designers.

A loja tem os famosos “99-Dollar Days” quando vários vestidos da loja são vendidos por 99 dólares

751 Sixth Avenue – entre a 25th e a 26th St.

Nova York – NY

www.davidsbridal.com

Jana Starr Antiques and Bridal: com mais de 100 anos de tradição, se a escolha é renda este é o lugar. A boutique reconstrói rendas europeias de centenas de anos atrás e os vestidos são criações únicas e especiais. É possível encontrar desde véus feitos a mão a vestidos com estilo vintage.

245 E. 87th St. – próximo Second Avenue

www.janastarr.com

Vera Wang: é uma das estilistas mais famosas dos Estados Unidos, oferece de vestidos simples ao mais suntuosos. Atendimento com hora marcada.

991 Madison Avenue –  esquina com 77th Street

Nova York – NY

www.verawang.com

Pronovias : é a filial da famosa boutique espanhola, tem cinco andares repleto de vestidos para todos os gostos. Atendimento com hora marcada.

14 E. 52nd St. – próximo a 5th Avenue

www.pronovias.com

Bridal Garden: tem vestidos de grandes estilistas com até 75% de desconto. Os designers doam alguns vestidos para a boutique e parte do valor é destinado para a escola Brooklin Charter School.

Normalmente os vestidos são de coleções passadas, vestidos usados e não tão luxuosos. Mas fique atenta para verificar cada detalhe do vestido,  se há ou não defeitos, pois você irá levar exatamente o que provar.

54 W. 21 St. – próximo a Sixth Avenue

www.bridalgarden.org

Há uma infinidade de lugares fantásticos para visitar, estas são apenas algumas dicas ;).

Ah, muito importante se comunicar bem em inglês para que este momento seja perfeito como você sempre imaginou. Se está precisando melhorar seu inglês, venha para Advance e realize este e outros sonhos 🙂

 

O que é “destination wedding”?

Os casais modernos buscam inovações e casamentos cada vez mais personalizados. E por isto, o destination wedding, pode ser uma ótima opção para noivos que amam viajar.

Destination wedding em tradução livre seria “casamento como destino”, em poucas palavras os noivos escolhem um destino internacional – ou não – para realizar o matrimônio, esta prática é muito comum nos Estados Unidos e na Europa, e vem se tornando uma tendência forte entre os brasileiros.

Não há exatamente uma regra para esta celebração, alguns noivos preferem algo mais romântico e intimista e fazem uma cerimônia a sós; alguns convidam apenas os pais e padrinhos, alguns convidam familiares e amigos mais próximos e outros um pouco mais afortunados que fazem festas um pouco maiores. Tudo depende mesmo do orçamento e principalmente do sonho de cada um.

Em geral são casamentos com um número reduzido de convidados, pois envolve de fato uma viagem e um grande planejamento. Alguns casais optam por arcar com os custos das viagens ou parte delas, outros deixam por conta dos convidados – e neste caso, é bom ficar ciente que algumas presenças especiais podem não ter disponibilidade de participar (fechar pacotes pode facilitar e ser mais econômico para sua família e amigos). Vale a pena lembrar, que o convite deve ser feito com pelo menos 8 meses de antecedência, para que todos tenham tempo hábil de se programar.

O lado bom desta modalidade é que a “festa” começa bem antes; com os preparativos para viagem e porque os convidados devem chegar com certa antecedência – no mínimo 2 dias – e isto é uma ótima oportunidade para promover mais encontros entre as pessoas; que podem participar de almoços, jantares, passeios e até pequenas festas antes do casamento em si. Todos podem se conhecer melhor, conversar, aproveitar tudo por mais tempo, afinal é uma viagem – grande parte dos eventos duram em média de 4 a 6 dias.

Sem contar, que é também uma grande vantagem para o casal que já estará no local de sua lua de mel <3.

 

Se você se interessou, arregace as mangas e pesquise; muitos hotéis e resorts — e até castelos – tem estrutura e oferecem diversos pacotes de cerimônia e festa. Porém, se desejar algo muito específico que o hotel ou resort não ofereça, talvez tenha que ir atrás de alguns fornecedores locais – também possível contratar assessorias no Brasil especializadas nesta área para dar uma forçinha nos preparativos.

Uma boa dica para economizar, é marcar o grande dia em época de baixa temporada, os preços estarão mais baixos e os lugares mais vazios. Outro fator que pode ajudar, é escolher um destino que não esteja tão em alta ou que foi pouco explorado turisticamente.

Não se esqueça que é muito importante, disponibilizar todas as informações necessárias para seus convidados. Um blog pode ser uma boa pedida, todos podem acessar e tirar suas dúvidas. Isto evita confusões e que incomodem os noivos que estão concentrados em outros nos preparativos do grande dia.

Dentre os destinos mais procurados estão a Polinésia Francesa (Bora Bora, Taiti,Papeete,Moorea), Itália(Toscana, Veneza, Capri, Florença), França (Paris), Indonésia (Bali), México (Cancún), Caribe, Ilhas Seychelles, Ilhas Maldivas, Ilhas Maurício, Portugal, Jamaica, Índia,Nova York, Grécia, Uruguai.

É claro que possível contratar assessorias especializadas aqui no Brasil para te auxiliar, mas mesmo assim é sempre bom ter o conhecimento de idiomas para acompanhar tudo de perto e fazer as escolhas certas, sem surpresas desagradáveis.

Um “destination wedding” será uma experiência surpreendente e inesquecível, então se prepare para este momento. Que tal investir em um bom curso de idiomas? Melhoras seu desempenho em na leitura, compreensão de texto e conversação sem dúvidas vai te auxiliar no processo de organização de um dos dias mais especiais da sua vida e você também poderá aproveitar a viagem ao máximo.

Are you ready? 🙂

Casamento dos sonhos na Disney…

Sem dúvidas muitas mulheres, se encantaram com os romances dos desenhos da Disney e muitas também já se imaginaram casando com príncipes e com tudo que uma verdadeira princesa.

Obviamente com o passar dos anos, as mulheres dominaram novos lugares na sociedade e conquistaram alguns muitos direitos e independência. Atualmente muitas não sonham nem em casar, outras dispensam as tradições e preferem algo completamente inovador e personalizado; mais ainda existem outras que idealizam muito este momento de princesa, mas nem por isto abandonam suas caraterísticas e a força da mulher moderna.

E como um dos lemas da Disney é : “Where dreams come true”, isto não podia ser diferente quando o assunto é casamento. Desde 1991, mais de mil casais por ano, se casam nas terras do Mickey e da Minnie. Saiba os detalhes sobre os pacotes abaixo 😉

1)O pacote “Memories” – disponível apenas em Orlando – é indicado para quem deseja uma cerimônia mais intimista. São permitidos 4 convidados, um buquê de flores e na maioria das vezes é realizado ao ar livre e uma hora de fotografia. Preços a partir de 2.500 dólares.

2) O pacote “Escape”, inclui 18 convidados e é possível escolher 5 opções de locais, bolo e champanhe, duas horas de fotografia, um violinista e pianista. É possível acrescentar a presença de alguns personagens da Disney, além de adicionar a carruagem da Cinderela pra chegar em grande estilo. Valores a partir de 4.925 doletas.

3) O pacote “Wishes” é o mais completo de todos e para os noivos que buscam uma cerimônia personalizada. Há uma opção de escolher entre 35 lugares para a cerimônia e recepção, bolo, comida, bebida, flores, opções de transporte, incluindo a carruagem entre outros detalhes. Além de poder contar com uma assessoria para o planejamento do casamento, o número de convidados é flexível. Por apenas 12 mil obamas, é possível adquirir o pacote básico da modalidade.

Basicamente estas são as características dos pacotes, mas há algumas particularidades dependendo do parque escolhido (Flórida,Hawaii, California ou no Disney Cruise), se informe no site oficial e embarque neste sonho. Não é barato, mas certamente será inesquecível!

Não se esqueça que casar em outro país exige programação e certos cuidados desde a documentação até o convite para os convidados. Em geral os noivinhos mandam o Save The Date com 8 meses de antecedência, e o convite 6 meses antes.

Outro detalhe que não pode ser esquecido, é de fechar uma pacote com desconto para seus convidados em um hotel ou indicar as melhores opções de hotéis, considerando preços, conforto, comodidade de mobilidade para seus amigos e familiares.

Para que seu sonho não se torne um grande pesadelo e para tudo sair do jeitinho que você imagina, é fundamental ter o domínio do inglês.

Se você ainda está arranhando no idioma, vem pra Advance aprender inglês enquanto você e seu noivo juntam dinheiro para este dia tão especial e esperado por ambos.